A Empresa Municipal de Trânsito e Transportes (MCTrans) criará ainda este ano 10 novas vagas de estacionamento público para idosos na cidade, saindo das atuais 23 vagas para 33 e com perspectivas de aumentar ainda mais, tendo em vista que cresce a população idosa na cidade. O presidente, José Wilson Guimarães, explica que somente na área azul, onde os usuários precisam usar o talonário, são 23 vagas. Porém, esse número dobra nos locais onde não é área azul. Ele afirma que pela lei federal, 2% das vagas de estacionamento têm de ser destinadas a deficientes e Montes Claros cumpre essa exigência. Para os idosos as vagas somam 5%, pela portaria do Conselho Nacional de Trânsito.

Na manhã de quinta, durante a reunião da Câmara Municipal, o vereador Valdivino Antunes explicou que foi procurado por um idoso do bairro Delfino Magalhães, denunciando que a MCTrans está reduzindo as vagas no estacionamento público em Montes Claros para os idosos e deficientes. O vereador pediu esclarecimentos oficialmente sobre essa situação. O vereador Valcir Soares, que foi fundador da Associação dos Deficientes (ADEMOC), salienta que tem recebido queixas nesse sentido, mas constatou que as vagas estão sendo mudadas de localização, criando embaraço para os deficientes, que ficam distantes dos hospitais e escolas.